Gramática do Espanhol: 21 Regras para Aprender Definitivamente

gramática do espanhol 1 - Gramática do Espanhol: 21 Regras para Aprender Definitivamente

Aprender a gramática do Espanhol pode ser considerada uma tarefa complexa e trabalhosa. Esse idioma mesmo possuindo similaridade com a Língua Portuguesa possui grandes diferenças e especificações. Mas ao mesmo tempo saber outro idioma é essencial nos dias de hoje para o meio acadêmico e profissional, principalmente. Por isso, agora vão algumas dicas de como entender mais facilmente a gramática do Espanhol.

O inicial sobre a Gramática do Espanhol

Primeiro já quebre o paradigma de que a língua espanhola se compara ao Português senão você vai se surpreender com frequência com as diferenças. Muitos dizem que o Espanhol é falado da mesma forma que é escrito, mas precisa-se compreender alguns detalhes cruciais para seguir essa lógica sem travar.

Saiba também que cada região de uma localidade que possui esse idioma como nativo terá seu dialeto e suas peculiaridades regionais e culturais, preste atenção referente a isso também. Veja:

É preciso aprender a distinguir o som do “r”, por exemplo do “j”

Uma regra fundamental para aprender a gramática do espanhol é saber distinguir e diferenciar essas palavras.

As palavras em espanhol “ratón” e “jirafa” estão entre as palavras mais difíceis de pronunciar para um falante de outro idioma.

A letra “g” também traz a sua cota de dificuldades

Antes de um “a”, é pronunciado como em “gato”, mas na frente de um “e” ou um “i”, “g” é pronunciado como um “r” vindo do fundo da garganta.

As letras “z” e “c” não têm a mesma sonoridade e deve-se estar familiarizados com a pronúncia da letra “v”.

A principal dificuldade da gramática do espanhol é que o significado da sentença pode mudar se o falante não colocar o acento no lugar certo.

Outras generalidades da gramática do espanhol

Especificamente na Argentina, e alguns outros países as formas para abordar alguém são “vós” no singular e “ustedes” no plural.

Exemplo:

  1. Con todo, creo que puedo confiar en vos.
  2. vos sos una persona racional.
  3. Vos sabés cómo son las mujeres.

Os pronomes reflexivos são usados ​​com certos verbos

São os verbos pronominais onde o infinitivo é acompanhado por “se”: levantarse, despertarse, llamarse, vestirse, alquilarse e outros.

Exemplos:

  1. Infinitivo: Tengo que ducharme por la mañana. (Tenho que tomar banho pela manhã);
  2. Gerúndio: Estoy mirándome en el espejo. OU, Me estoy mirando. (Estou me olhando no espelho);
  3. Imperativo: ¡Dúchate! (Tome banho!). Obs: no caso do imperativo afirmativo, esta é a única opção.

Os pronomes possessivos servem para evocar a posse sem recordar o som

Esses são condizentes em gênero e número com o nome que substituem.

Referindo-se ao pertencer

Use: mio, mia, mios, mias, tuyo, tuya, tuyos, tuyas, suyo, suya, suyos, suyas, nuestro, nuestra, nuestros, nuestras, vuestro, vuestra, vuestros e vuestras.

Exemplo:

  1. De quién es este libro? Es mío.

O pronome demonstrativo

Esse é usado para designar diretamente uma coisa ou uma pessoa. Eles concordam em gênero e número com o nome.

Exemplos:

  1. ¿Cuánto cuesta esta falda? (Quanto custa esta saia?)
  2. Esta semana tengo una prueba. (Esta semana tenho uma prova)
  3. Este es el coche de Juan. (Este é o carro de Juan)
  4. Estos son los nuevos libros del gran escritor argentino. (Estes são os novos livros do grande escritor argentino)

Três regras principais prevalecem

Se a palavra termina em vogal ou “n” e “s“, então o acento fica na penúltima sílaba (cerveza, bebida, camino, barrio, barrios);

i- Terminadas em vogal ou consoante sem acento escrito

Essas a tonicidade é focada na última sílaba (cantar, caminar, ordenador, doctor, autoridad, facultad, nivel, papel, etc).

ii- Quando as palavras que terminam com ” ión”

Palavras como : atención, sección, acción, emoción, evaluación, liberación, lección, capitalización, etc. Essas são irregularidades de acentuação.

iii- Acentuadas na antepenúltima sílaba

Atenção a essas, sendo elas: sílaba, bolígrafo (caneta), párajo (pássaro), paréntesis (parênteses).

Existem três funções do acento gramatical

Sendo:

  1. Dissociar adjetivos demonstrativos de pronomes demonstrativos;
  2. Indicar as formas exclamativa e interrogativa de certos advérbios;
  3. Diferenciar a natureza gramatical de alguns homônimos.

Preste atenção

Algumas palavras do vocabulário espanhol têm a mesma pronúncia, a mesma ortografia, mas não o mesmo significado. Outras recebem um acento escrito para se distinguir de outras por sua natureza gramatical. Para um nativo de espanhol, erros nesse sentido são inaceitáveis.

Ditongos e tritongos na gramática do espanhol

Para o ditongo e o tritongo isso se implica em conhecer basicamente algumas conjugações verbais.

Lembremo-nos que o idioma de Cervantes tem vogais fracas (“i” e “u”) e vogais fortes (“a”, “e” e “o”).

Quando uma vogal fraca é ligada a uma vogal forte ou quando duas vogais fracas são unificadas.

Para isso o verbo irregular poder no infinitivo é conjugada como “puedo, puedes, puede, podemos, podéis, pueden”.

O ditongo é assim aplicado à primeira pessoa, segunda pessoa e terceira pessoa do singular e à terceira pessoa do plural, de acordo com as regras da conjugação espanhola.

O ditongo espanhol modifica a sonoridade e pronúncia de uma palavra, serve para suavizar o tom da vogal forte.

Quanto ao tritongo, ele é formado pela inserção de uma vogal aberta que recebe o acento tônico – entre duas vogais fechadas em uma ordem de vogais fraca-forte-fraca.

Ela pode ser encontrada na combinação da segunda pessoa singular (vosotros): despreciáis, habíais, estudiáis, apreciáis.

Construa frases em Espanhol

Para colocar a gramática do espanhol em prática siga o sujeito-verbo-objeto, mas para dominar a ordem e a natureza das palavras na frase espanhola e conhecer cada tipo de frase, não há uma receita milagrosa, assim é necessário praticar.

Para aprender a formar uma frase, é necessário conhecer a ordem das palavras, saber colocar o adjetivo e conjugar a parte verbal.

Além disso, aprender os elementos de comparação (más e menos) é importante. Como regra, comparações de superioridade ou inferioridade são colocadas antes do adjetivo.

Os adjetivos concordam em gênero e em número e são escritos após o nome que descrevem

Por exemplo, ” el pájaro guapo” (o belo pássaro), ” Elena es una mujer muy guapa” (Elena é uma mulher muito bonita).

Pode-se escrever: “Elena é uma mujer guapa y es más alta que Maria, su amiga.” (Elena é uma mulher bonita, e mais alta do que Maria, sua amiga).

Claramente é necessário se familiarizar com o alfabeto espanhol

Esse item é básico e serve para aprender qualquer outro idioma. Começar pelo princípio.

Saiba a conjugação de verbos e as sutilezas da conjugação espanhola

Esse é outro item importantíssimo pois as ações e/ou os verbos são os conectivos principais de todas as frases e sentenças. Sabe-los já facilita mais da metade da sua comunicação e interpretação da língua.

Compreenda os tempos verbais

Todo idioma também é necessário o aperfeiçoamento em quesitos como esses. Saiba diferenciar corretamente o presente, futuro, passado, presente do subjuntivo e imperfeito do subjuntivo, condicional e imperativo.

Memorize

Ouça músicas em Espanhol, veja séries/filmes, programas de tv, entrevistas com nativos ou leia livros/revistas/jornais.

Faça um curso de Espanhol que ofereça um método inteligente e inovador

Para dominar a gramática do Espanhol nada mais sábio que realizar um curso. Se você sente vontade de possuir uma formalização, aprovar em algum exame de espanhol para comprovar sua competência conheça o Curso de Espanhol iAEO. Esse é um curso de espanhol com duração de poucos meses que você pode realizar da sua casa e alcançar a fluência que tanto deseja.

O maior diferencial do Instituto Aprender Espanhol Online são as 12 horas de aulas ao vivo oferecidas diariamente para os alunos e uma plataforma ilimitada com muitos exercícios interativos. O iAEO é considerado o melhor institutos do idioma Espanhol ead do Brasil e Argentina e possui uma plataforma 100% online com materiais e exercícios diversos. Além das aulas ao vivo disponíveis 12 horas por dia com professores nativos da Argentina.

Assim você realiza de onde, como, quando e quanto tempo quiser e puder se dedicar a seu aprendizado. Receba uma ligação de nossos consultores para saber mais sobre os diferenciais do Instituto preenchendo o Formulário abaixo.

E não se esqueça, sua missão é compartilhar esse artigo com o máximo de pessoas que você conhecer! Dessa forma conseguiremos ajudar mais e mais pessoas a aprender mais sobre a gramática do espanhol

Um grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *