Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas

Curso de Espanhol Online Nível A1 A2 B1 B2 C1 e C2

Sem Título 6 - Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas

Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas

Sem Título 5 - Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas
Facultad de Medicina de la Universidad de Buenos Aires

A Faculdade de Medicina da Universidade de Buenos Aires decidiu nesta sexta-feira 13/03/2020 suspender todas as aulas presenciais devido à disseminação do coronavírus. Em um documento assinado pelo vice-reitor da faculdade, Juan Álvarez Rodríguez, alega que o objetivo é simples evitar “atividades massivas em áreas fechadas, contribuindo para o controle da transmissão da atual epidemia”. A medida foi tomada por recomendação de um comitê de especialistas e será executada até pelo menos este mês.

0001 724x1024 - Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas
1/2
0002 724x1024 - Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas
2/2

De todas as formas, a Universidade de Buenos Areis esclarece que “o calendário de exames parciais e finais não será modificado“, o que será feito “respeitando para esse fim uma distribuição de alunos que não exceda 50% da capacidade instalada da sala de aula“.

Até que ponto o Coronavírus pode atrapalhar no intercâmbio?

O Coronavírus tem se tornado uma preocupação para quem deseja realizar um intercâmbio educacional na Argentina. Mas, como mencionamos logo no início, o governo do país juntamente com um comitê de especialistas da área da saúde tomaram medidas rigorosas de prevenção ao ponto de paralisarem todas as atividades que aglomeram grande quantidade de pessoas, incluindo transporte público; escolas; shows; festas e universidades. Essa medida precativa se dará até o final desse mês.

Então, não se preocupe com isso se estudar medicina na Argentina for o seu sonho, continue estudando as possibilidades e concentre-se em dar os primeiros passos para tornar esse sonho uma realidade, pois essa epidemia vai passar como um vento ou se tornará mais um vírus comum dentre os que se tornaram como por exemplo a febre amarela.

Segundo informações disponíveis no site oficial La Nación, mais de 56 casos foram registrados até agora. Sendo a maioria na região de CABA, com 34 casos e em Buenos Aires com 13 casos de infectados com o Coronavírus. Todos eles são importados ou de pessoas que tiveram contato próximo com passageiros portadores do vírus.

Governo da Argentina anunciou medidas para universidades

O governo anunciou uma série de medidas precativas para universidades que já estão atendendo as solicitações com o objetivo de reduzir a disseminação do coronavírus. Através da resolução 104/2020 assinada por Nicolás Trotta, Ministro da Educação, as instituições são solicitadas a reduzir o número de alunos nas salas de aulas e a implementar o uso do ensino virtual.

0001 1 811x1024 - Coronavírus faz Universidade de Buenos Aires suspender as aulas
1/3

Entendemos que as universidades serão obrigadas a implementar um campus virtual para que os alunos continuem tendo acesso as aulas e estudando normalmente, frequentando a universidades somente para fazer as provas. Essa medida facilitará ainda mais a vida dos estudantes, pois poderão utilizar da tecnologia para ganhar mais tempo para se dedicarem aos estudos.

Essas medidas precativas cabem a todas universidades da Argentina, como já sabemos, Universidade de Buenos Aires – UBA, Universidade Nacional de Rosário – UNR, Universidade Nacional de La Plata – UNLP, etc..

Uma das tendências ainda para 2020

Praticamente todas as universidades estão caminhando na mesma direção rumo a tecnologia do Ensino a Distância. Talvez não seja uma novidade para você mas 90% das Universidades nos Estados Unidos utilizam a tecnologia de educação a distância, um exemplo a University of Washington e a Western Sydney University (WSU) na Austrália. A maioria já potencializam suas classes através de tecnologia de ensino a distância. Um fato que já está acontecendo é que as principais universidades da Argentina, incluindo a Universidade de Buenos Aires – UBA já potencializam em partes suas aulas através do ensino a distância.

Instituto Aprender Espanhol Online

O instituto Aprender Espanhol Online não está atrás, já potencializamos as 12 horas de aulas ao vivo que acontecem diariamente com uma das tecnologia mais avançadas do mercado de Educação à Distância que inclusive é a mesma tecnologia utilizada pelas principais Universidades do EUA.

Aulas ao vivo 12 horas por dia

Exatamente! As aulas ao vivo ficam disponíveis 12 horas por dia, elas se iniciam às 9:00 h da manhã às 22:00 h da noite. Entenda, a cada 2 horas se inicia uma aula de espanhol ao vivo com diferentes temas baseado no seu nível de proficiência, por exemplo:

  • Aula ao vivo com professor x
  • Horário de 9:00 às 11:00
  • Nivel A1- A2
  • Aula ao vivo com professora z
  • Horário de 14:00 às 16:00
  • Nivel A1- A2
  • Aula ao vivo com professor y
  • Horário de 18:00 às 20:00
  • Nivel A1- A2
  • Aula ao vivo com professor x
  • Horário de 22:00 às 00:00
  • Nivel C1- C2
  • A organizar!
  • Aula ao vivo com professora y
  • Horário de 11:00 às 13:00
  • Nivel B1- B2
  • Aula ao vivo com professora x
  • Horário de 16:00 às 18:00
  • Nivel B1- B2
  • Aula ao vivo com professor z
  • Horário de 20:00 às 22:00
  • Nivel B1- B2

Assim se repete o quadro diariamente, perceba que por mais que você não consiga assistir as aulas no nível básico no período da manhã, você ainda poderá assistir no período da tarde ou noite, assim também para o nível intermediário.

São aulas interativas ao vivo com professores nativos de espanhol em sessões de grupo. As aulas ao vivo ficam disponíveis de segunda a sexta-feira e você pode fazer uma duas ou quantas vezes quiser no mesmo dia, tudo isso disponível por um ano.

Materiais Audiovisuais

Além das aulas ao vivo, o aluno também recebe acesso ilimitado à plataforma de ensino, que consistem em: i) no perfil do usuário acadêmico; ii) aulas de multimídia e conteúdo de Prática; iii) e módulos preparatórios para os exames siele, celu, cei e dele.

Nessa mesma plataforma o aluno poderá contar com mais de 200 videoaulas exclusiva e gravadas em alta definição que fazem referência aos níveis a1, a2, b1, b2, c1 e c2. seguindo o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (Common European Framework of Reference for Languages – CEFR), e muito mais..

Tudo isso aplicado de forma 100% online e 100% prática. Isso porque acreditamos que é possível ser fluente estudando online.

Estou deixando aqui em baixo um formulário de contato caso você decida saber mais informações sobre o Instituto Aprender Espanhol Online e quem sabe chegar a conclusão que essa é a forma mais eficiente e econômica de aprender espanhol do Brasil e Argentina.

Espero de verdade ter te ajudado com essas informações sobre o Novo coronavírus. Deixe nos comentários a sua opinião sobre o assunto e compartilhe esse artigo com seus amigos.

Um abraço!

Rodrigo Zamluti.

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário